Polícia divulga identidade de suspeito de matar guarda municipal

Foto: divulgação

Foto: divulgação

A identidade do acusado de ter matado o Guarda Municipal Roni Fernandes de Freitas, de 50 anos, foi divulgada nesta terça-feira (21). Trata-se de Evandro de Oliveira Marcolino, de 37 anos, conhecido como “Peixinho”. Com várias passagens pela polícia, o criminoso continua foragido. Ele faz parte de uma quadrilha do bairro Boqueirão, em Curitiba. No fim de semana, a polícia prendeu uma das mulheres que participa deste grupo, pois ela estava passando informações falsas à polícia, para que o comparsa conseguisse fugir. Sueli Carolina da Silva, de 32 anos, foi detida no último sábado. Segundo o delegado-titular da Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Rubens Recalcatti, o suspeito tem envolvimento com diversos crimes.

O delegado de Furtos e Roubos, Rafael Vianna, explica que Evandro Marcolino é um criminoso de ficha extensa, e seria o responsável por cobrar ‘pedágio’ de garotas de programa e travestis no bairro Boqueirão.

Roni havia ingressado na corporação em 2009

Roni havia ingressado na corporação em 2009

O assassinato do Guarda Municipal Roni de Freitas aconteceu no último dia 10. O Guarda passava em frente a uma distribuidora de doces na Rua André de Barros, que havia acabado de ser assaltada. O autor do roubo atirou contra a cabeça da vítima, temendo uma reação. Em seguida, correu até a Rua Monsenhor Celso, onde pegou um táxi e foi até a Praça Eufrásio Correa. De lá, não foi mais visto. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Evandro de Oliveira Marcolino deve entrar em contato com a polícia pelo telefone (41) 3360-1400 ou 0800-643-1121.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*