Polícia teme que guerra comece após morte de torcedor

Um adolescente foi assassinado em uma briga entre torcidas neste domingo antes do jogo entre Coritiba e Sport Recife. A vítima, que tem 16 anos, faz parte de uma torcida organizada do Paraná Clube e estava junto com um grupo de torcedores que apoiava a torcida do Sport. A polícia teme agora que uma guerra comece e novas mortes aconteçam por vingança. A confusão aconteceu em frente a sede da Fúria Independente no bairro Jardim Botânico. Segundo testemunhas, carros passaram efetuando disparos. O único atingido foi o jovem, que recebeu um tiro na cabeça. Ele foi levado ao hospital, porém morreu horas depois. O crime aconteceu por volta das 12h30. O responsável pela Delegacia de Homícidios, Rubens Recalcatti pede que as torcidas não tentem vingança e deixem a polícia encontrar os assassinos.

A torcida Fúria Independente divulgou uma nota: “Faremos o possível e impossível para que a justiça seja cumprida e que os responsáveis sejam punidos. Ficam os nossos mais sinceros sentimentos para a Família”.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*