Porteiros e zeladores fazem protesto em edifício da capital

Moradores e trabalhadores do Edifício Asa, na Praça Osório, no centro de Curitiba, não conseguem entrar no prédio porque são impedidos pelos porteiros, serventes e zeladores que estão em greve. O problema foi relatado por ouvintes que entraram em contato com a nossa reportagem hoje de manhã. O advogado Anderson de Oliveira conta que os grevistas bloqueiam os elevadores e as escadas e ele não consegue chegar até o 15º andar para trabalhar.

O contador Leonor da Silva também reclama da situação e diz que está na galeria do prédio com um cliente, já que os grevistas impedem a entrada de todas as pessoas.

A reportagem entrou em contato com o presidente do sindicato dos empregados em condomínio de Curitiba e da região metropolitana, mas ele não atendeu às ligações. Amanhã, a greve dos porteiros, serventes e zeladores completa três semanas. Os trabalhadores reivindicam um reajuste salarial de 15%.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*