Possível greve de motoristas e cobradores é ameaçada por atraso nos salários

Motoristas e cobradores de São José dos Pinhais, na grande Curitiba podem entrar em greve a partir de sexta-feira (11). O indicativo de paralisação foi aprovado na madrugada de terça-feira (8). Os trabalhadores reclamam de atrasos no pagamento dos salários de abril, que ainda não foi feito pela Viação São José. A decisão é pela paralisação total das atividades até o fim da semana caso os vencimentos não sejam quitados. Cerca de 700 funcionários aprovaram o indicativo de greve.

Pela manhã, funcionários da empresa Araucária Transporte Coletivo também haviam aprovado indicativo de greve por falta de pagamentos. De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e região, Anderson Teixeira, os trabalhadores da Viação São José receberam apenas o equivalente a 70% dos salários.

Procurada, a empresa Viação São José afirmou que já efetuou o restante do salário dos funcionários na tarde de terça-feira(8). Os vencimentos deveriam ter sido depositados segunda-feira (7).

De acordo com o gerente de tráfego da Viação São José, Roberto Carlos Fonseca Osório, a empresa tem tido dificuldades financeiras por falta de repasse de recursos da Prefeitura de São José dos Pinhais. Ele afirma que a tarifa técnica do município está defasada e que a empresa tem recebido menos do que deveria.

Em nota, o Setransp, sindicato que representa as empresas do transporte coletivo, disse que a empresa Araucária fez o pagamento da folha na segunda-feira (7), mas que, devido a um erro de processamento da agência de Araucária da Caixa Econômica, os valores não foram repassados para os funcionários.

Ainda segundo a nota, a empresa confirmou com o banco que a situação já foi regularizada na manhã de terça-feira (8). Já a assessoria de imprensa da Viação São José informou que a operação urbana de São José dos Pinhais ainda não teve reajuste da tarifa técnica, que deveria ter ocorrido em fevereiro. Por isso, a empresa disse que não contava com caixa para fazer o pagamento integral dos salários. A empresa disse que a situação deve ser normalizada nos próximos dias e aguarda que a prefeitura de São José faça o reajuste da tarifa técnica.

A reportagem da Bandnews procurou a Prefeitura de São José dos Pinhais, mas, até agora, não recebeu nenhuma resposta. Com a aprovação do indicativo de greve, os funcionários da Viação São José prometem paralisar as atividades imediatamente caso haja um novo atraso no pagamento dos vales, previsto para o dia 20, ou no vencimento dos salários.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*