Prefeito que comprou carro de mais de 152 mil reais para uso na prefeitura tem os bens bloqueados

A Justiça bloqueou os bens do prefeito de Ivaté, na região noroeste do Estado. Ele fez a aquisição de um carro de alto luxo, ao custo de mais de 152 mil reais para a prefeitura. O pedido foi feito pelo Ministério Público que entendeu que a compra não se justifica para o uso do prefeito de um município de aproximadamente 7 mil habitantes. Outros dois réus envolvidos no caso também tiveram os bens bloqueados.

O Ministério Público entendeu que houve irregularidades na compra do veículo pelo município. Para o MP houve direcionamento do processo licitatório porque as características exigidas para o carro eram compatíveis com um único modelo e marca, o que resultou na participação de apenas uma empresa.

Também tiveram os bens bloqueados a empresa que vendeu o veículo e a servidora responsável pela elaboração do edital da licitação realizada para aquisição do automóvel.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*