Prefeitos da grande Curitiba se juntam para suspender negociação salarial com servidores

Foto:Cesar Brustolin/SMCS

Foto:Cesar Brustolin/SMCS

Os prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba assinaram uma carta, junto com o prefeito Rafael Greca, para pedir a suspensão das negociações salariais com os servidores, por causa da crise econômica que atinge os municípios. A discussão é promovida pela Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba. O documento propõe que os aumentos e a reposição salarial não sejam automáticos, todos os anos, mas que sejam discutidos conforme o orçamento dos municípios, sempre dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo o prefeito Rafael Greca, as medidas que já estão na Câmara Municipal são alternativas para melhorar os serviços sem aumentar as dívidas da cidade.

De acordo com o presidente da Associação dos Municípios, Márcio Wozniack, os problemas de todas as cidades são bem parecidos.

O documento foi assinado hoje de manhã (segunda) e será enviado a Brasília pela associação. A ideia é que a carta seja lida em plenário pelos deputados federais e senadores.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*