Prefeitura de Matinhos pode ter superfaturado contratos

O Tribunal de Contas analisou indícios de superfaturamento em mais quatro contratos firmados pela prefeitura de Matinhos para roçada de ruas, logradouros públicos, praças e áreas povoadas. A administração destinou 685 mil e 800 reais para uma empreiteira executar os serviços entre 2001 e 2003. No entanto, teria desembolsado 467 mil e 600 reais. O custo unitário do serviço teria passado de 13 centavos para 58 centavos o metro quadrado. Além disto, havia exigência na licitação de uso de 25 trabalhadores na obra e apenas 13 teriam feito o serviço. O ex-prefeito Acindino Ricardo Duarte, afastado em fevereiro de 2003 por suposta improbidade administrativa, será citado para responder pelos prejuízos. Cabe recurso da decisão.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*