Prefeitura regulariza atividade de curadores e benzedeiros no PR

Benzer, tirar o susto e costurar machucadoras. Nesta semana, a prefeitura de Rebouças, no centro-sul do Paraná, sancionou uma lei regularizando essas práticas. Com a medida, o município é o primeiro do país a oficializar o trabalho de curadores e benzedeiros. De acordo com o prefeito Luiz Everaldo Zak (PT), a atividade é uma tradição no município, e a lei foi aprovada de forma unânime – tanto pelos vereadores quanto pela população. De acordo com o último senso, Rebouças tem pouco mais de 14 mil habitantes. Um levantamento feito em 2009 pelo município identificou 133 benzedeiras atuando na região. A partir da lei aprovada nesta semana, todas elas devem contar com carteirinhas de identificação e acompanhamento de técnicos da secretaria de saúde. De acordo com o prefeito da cidade, os curadores são orientados a encaminharem pacientes mais graves para o tratamento convencional, no posto de saúde. Segundo a prefeitura, serão feitas reuniões freqüentes entre as benzedeiras e equipes da prefeitura, para o monitoramento dos trabalhos.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*