Prefeituráveis devem gastar mais de 70 milhões

Os oito candidatos que disputam a vaga para prefeito de Curitiba na eleição deste ano devem gastar ao todo mais de setenta milhões de reais. No topo do ranking de gastos está Luciano Ducci (PSB), que tem os custos de campanha estimados em vinte e três milhões e quatrocentos mil reais. Em segundo lugar está Ratinho Júnior (PSC), com um orçamento de dezoito milhões de reais. O terceiro do ranking é Gustavo Fruet, que deve ter um custo de dezesseis milhões e cem mil reais com a campanha. Rafael Greca (PMDB) aparece em quarto lugar, com um custo estimado em 10 milhões. Na sequência vem o candidato Carlos Moraes do PRTB. Ele declarou que vai gastar até 2 milhões e 800 mil reais na campanha. As campanhas de Alzimara Bacellar (PPL), Avanilson Araújo (PSTU) e Bruno Meirinho (PSol) – totalizam o valor de R$ 850 mil como teto das despesas. Já quando o assunto é o valor dos bens declarados à justiça eleitoral, Ratinho Júnior aparece em primeiro lugar, com um patrimônio sete milhões e meio de reais. Em segundo lugar aparece Gustavo Fruet, com dois milhões e duzentos mil reais em bens. Luciano Ducci declarou um patrimônio de trezentos e doze mil reais, e Rafael Greca duzentos e sessenta e quatro mil. Na sequência Carlos Moraes, declarou 250 mil reais, Alzimara 106 mil, Avanilson 24 mil, e Bruno Meirinho 7 mil e 300 reais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*