PRF lança Operação Rodovida no Paraná

Foto: PRF Paraná

A sétima edição da “Operação Integrada Rodovida” vai abranger o período de férias escolares, Natal, Ano Novo e Carnaval, nas rodovias que cortam o Paraná. A ação foi lançada na tarde desta terça-feira (19), pela Policia Rodoviária Federal em conjunto com órgãos estaduais e municipais.

De acordo com a PRF, o objetivo é reduzir o número de vítimas de acidentes de trânsito. Durante a operação os principais pontos que vão ser combatidos são: ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade, embriaguez ao volante, transporte de crianças, além da fiscalização de motocicletas.

Segundo o Superintendente da PRF, Adriano Marcos Furtado, acidentes que envolvem motociclistas possuem alto índice de mortalidade.

As três esferas de Governo – federal; estadual e municipal – trabalham em ações integradas e simultâneas da Rodovida, há seis anos.

A Operação acontece em todo o país e tem como intuito contribuir para que o Brasil alcance a meta proposta em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU). A ONU estipulou a redução do número de mortes provocadas por acidentes de trânsito até 2020, em 50%.

De acordo com o subcomandante do Batalhão de Polícia Rodoviária, o Major Mário Henrique do Carmo, as ações são direcionadas para os trechos com maiores registros de mortes e feridos. Ao todo, seis postos da Polícia Rodoviária vão estar nesses pontos fazendo a fiscalização.

A ação vai até o dia 18 de fevereiro. Em parceria com a PRF participam: o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Cidades, Saúde, Transportes, Portos e Aviação Civil, Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), Polícias Militares e Civis, Guardas Municipais, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Emergência), Corpo de Bombeiros, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs); Departamentos de Estradas e Rodagem (DERs) Secretarias Municipais de Trânsito, Ministério Público, Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), Universidades e SEST/SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*