Processo relacionado a 38ª fase da Lava Jato está em fase final

Um dos processos decorrentes da Lava Jato que já está na fase final é o relacionado a trigésima oitava etapa da operação, batizada de Blackout.

A acusação já entregou as alegações finais e as defesas dos réus devem protocolar as últimas considerações ao processo ainda nesta semana. Depois desta fase, os autos retornam as mãos do juiz Sérgio Moro que analisa todas as provas e define as sentenças.

Deflagrada em fevereiro deste ano, esta fase da lava jato apura uma série de irregularidades em contratos da Petrobras de navios-sonda entre os anos de 2006 e 2007. Segundo a acusação, os lobistas Jorge e Bruno Luz, pai e filho, teriam movimentado 40 milhões de dólares em propinas para beneficiar peemedebistas e agentes públicos em cinco contratos da estatal, no Brasil e no exterior.

Entre os beneficiários estaria o ex-deputado Eduardo Cunha. Jorge e Bruno Luz estão detidos no Complexo Médico Penal em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Além deles, outros sete réus respondem a este processo, entre eles os executivos do grupo Schahin, Milton e Fernando Schahin, os doleiros Jorge e Raul Davies e os ex-gerentes da Área Internacional da Petrobras, Demarco Epifânio e Luis Carlos Moreira.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*