Procurador da força tarefa da Lava Jato critica ministros que pretendem votar contra a cassação da chama Dilma/Temer

Imagem reprodução

O procurador da República, Carlos Fernando dos Santos Lima, que integra a força-tarefa da Lava Jato no Paraná, criticou os ministros do Tribunal Superior Eleitoral que pretendem votar contra a cassação da chapa Dilma / Temer.

Em uma postagem nas redes sociais, o procurador disse que “ o verdadeiro cúmulo do cinismo é a cegueira intencional da maioria dos ministros do TSE”. De acordo com Carlos Fernando, deve-se parar de fingir que nada aconteceu.

Na publicação, ele ainda criticou a corrupção que se instalou no Brasil e disse que é necessário parar de fingir que tudo está superado apenas porque o PT saiu do governo.

Para o procurador, a “corrupção é multipartidária e institucionalizada”. O TSE deve concluir ainda nesta sexta-feira (09) o julgamento que pede a cassação da chapa formada por Dilma Roussef e Michel Temer.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*