Projeto de lei prevê que juízes do Paraná recebam gratificações ao acumular funções

Os juízes do Paraná podem receber gratificações ao acumular funções. É o que prevê um projeto de lei aprovado pela maioria dos 25 desembargadores, nessa segunda (12), no Tribunal de Justiça do Paraná. O placar exato não foi divulgado. O texto da proposta foi formulado com base em um pedido da Associação dos Magistrados do Paraná e autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça.

Caso vire lei, os juízes que acumulam funções vão receber um terço a mais do salário com gratificações. O valor mensal não pode passar do teto constitucional, que é de pouco mais de 33 mil reais. Em média, o magistrado recebe R$ 20 mil por mês. O projeto deve ser encaminhado para Assembleia Legislativa para votação dos deputados estaduais.

Comments

  1. Manoel Rosa da Cruz says:

    Caros deputados…. Vocês devem estar loucos…. Estive na Europa e falei com magistrados e posso garantir que o Brasil paga o igual a 4 magistrados europeus com os salários pagos a essa camarilha de preguiçosos ,eu gostaria de ver os representantes do povo legislando para diminuir esses salários para no máximo R $ 15.000,00 que deveria ser justo, diante do pouco oferecido pela magistratura….! e diante do salário miserável pago a trabalhadores ….!

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*