Quatro pré-candidatos ao governo participam de sabatina na Associação dos Municípios do Paraná

(Foto: divulgação/AMP)

A terça-feira (3) foi marcada pela primeira sabatina do período pré-eleitoral com quatro nomes que devem concorrer ao governo do estado em outubro. Organizado pela AMP, a Associação dos Municípios do Paraná, o evento contou com a participação do ex-deputado federal Doutor Rosinha (PT), da governadora Cida Borghetti (PP), do ex-deputado Osmar Dias (PDT) e do deputado estadual Ratinho Junior (PSD), que participaram nessa ordem. Os postulantes ao Palácio Iguaçu foram convidados pela entidade com base na colocação de cada um nas pesquisas eleitorais. E isso conforme decisão dos representantes das associações regionais de municípios do Paraná tomada no início do mês passado.

As perguntas feitas aos pré-candidatos foram as mesmas e abordaram a participação dos municípios na discussão e elaboração de políticas públicas; o repasse de recursos do IPVA e ICMS, incluindo a cota extra; saúde e saneamento; custeio do transporte escolar; e os convênios firmados com as prefeituras.

O deputado federal Doutor Rosinha falou sobre a trajetória de 26 anos no serviço público municipal e destacou a importância de um governo democrático, pautado no diálogo.

A ideia é traçar uma política de desenvolvimento regional com conselhos. O pré-candidato também ressaltou, entre outras coisas, a importância de um tipo de planejamento que articule ações entre os setores produtivo, acadêmico, político, cooperativo e sindical, bem como entre as prefeituras, os estados e a federação, que afaste qualquer possibilidade de improvisação.

Na sequência, foi a vez da sabatina da governadora Cida Borghetti. Ela destacou a existência de um desequilíbrio entre as regiões paranaenses, mas se propôs a trabalhar para reduzir essas diferenças.

Por mais de uma vez a governadora enfatizou os benefícios de um governo aberto e conduzido a partir das necessidades de cada região, o que só é possível por meio de um contato real e frequente.

Já o ex-deputado Osmar Dias abordou a crise política que desencadeou a desestabilização da economia do país, bem como do setor produtivo e da empregabilidade, e falou ainda sobre a violência e o consumo de drogas especialmente pelos jovens.

O último a falar foi Ratinho Junior, que enfatizou a experiência que teve no governo do estado como elemento fundamental para o desenvolvimento de uma estratégia que ajude o Paraná a se desenvolver. Ele ainda defendeu a alternância de poder para oxigenar a administração pública.

A sabatina foi realizada em um hotel no Centro de Curitiba e, após os questionamentos, os quatro pré-candidatos assinaram uma carta compromisso confirmando todas as propostas apresentadas. Cada apresentação durou cerca de meia hora e, nesse tempo, eles fizeram dois pronunciamentos de cinco minutos cada, no início e no fim, e entre uma coisa e outra, responderam a cinco perguntas. O tempo para cada explanação foi de quatro minutos. // Ficaram de fora os menos cotados nas pesquisas eleitorais. São eles: Jorge Bernardi (REDE), Professor Piva (PSOL) e Geonísio Marinho (PRTB). Já a plateia foi composta por prefeitos, vice-prefeitos, secretários e técnicos dos municípios do Paraná.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*