Queda de luz estraga vacinas em Nova Santa Rosa

Mil oitocentas e trinta e cinco doses de vacinas que previnem várias doenças estragaram nas duas geladeiras que armazenavam o material no município de Nova Santa Rosa, no Oeste do Paraná. O motivo foi o desligamento proposital da energia elétrica do Centro de Saúde do município, que tem 7 mil e 800 moradores. De acordo com o diretor administrativo da unidade de saúde, Mário Valdir Schweig, a interrupção durou pelo menos 24 horas. Durante toda a segunda-feira, as pessoas que procuraram à unidade foram orientadas a retornar em outro dia para vacinação. Até agora, ninguém sabe quem foi que provocou o desligamento do relógio de luz.

Mário Valdir Schweig disse que o prejuízo com as vacinas estragadas foi contabilizado em 9 mil e 300 reais. A administração local já está providenciando algumas ações preventivas para evitar que novos desligamentos ocorram.

Para atender emergencialmente os moradores, a Regional de Saúde de Toledo enviou um lote de vacinas para a unidade de Nova Santa Rosa, que já voltou a fazer o esquema normal de vacinação. Por mês, são vacinadas na unidade 200 pessoas – entre crianças, adultos e idosos.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*