Rádios comunitárias serão fiscalizadas

Emissoras comerciais de rádio do Paraná fazem uma força-tarefa para fiscalizar o funcionamento de rádios comunitárias no estado. 50 liminares obrigam essas empresas a pararem de exibir comerciais na grade horária, já que são rádios sem fins lucrativos. Há propagandas de lojas, roupas, embalagens, padaria e promoções. O Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Paraná promete voltar a acionar a justiça contra emissoras que estiverem ilegais, mesmo depois das decisões da justiça. A fiscalização do cumprimento das leis é de responsabilidade da Agência Nacional de telecomunicações e do Ministério das Comunicações. As rádios comunitárias não são obrigadas a pagar altos preços pelas concessões e por isso oferecem espaços para publicidade a preços muito abaixo do mercado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*