Reajuste de salário dos vereadores de Maringá é votado hoje

Os vereadores de Maringá votam hoje à noite um projeto de lei que reduz o reajuste dos salários dos vereadores. Em novembro de 2011, a Câmara aprovou um aumento de 90% nos salários dos vereadores, passando de R$ 6,3 mil para R$ 12 mil. No entanto, a pressão popular fez com que os parlamentares resolvessem rever o aumento. Esta semana, populares levaram pizza na Câmara, mas nenhum vereador quis comer. A revolta era por conta de um aumento de quase 90% nos salários dos administradores públicos e legisladores a partir do ano que vem. O presidente da Câmara, Mario Hossokawa (PMDB), nega que tenha havido uma pressão expressiva. De acordo com ele, são poucos os maringaenses que estão contra a postura dos parlamentares.

Com pressão, ou sem pressão, o projeto em pauta vai reduzir o aumento para 8 mil reais. Outro projeto reduz ainda o aumento do prefeito, vice-prefeito e secretários. O prefeito passaria a ganhar 19 mil reais (no projeto aprovado anteriormente eram 25 mil) e os secretários, 9 mil e 500 reais (havia sido aprovado um salário de 12 mil). Mario Hossokawa informou que apenas uma emenda foi feita até agora e não agradou muito os vereadores. A emenda faz com que não haja aumento.

Se aprovados, esses valores serão válidos para o ano que vem.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*