Receita tem aumento de valor em apreensões na Fronteira

Foto: divulgação / Receita Federal

A Receita Federal divulgou ontem (quinta, 11) que a alfândega de Foz do Iguaçu, na região Oeste do Paraná, registrou aumento no valor das apreensões de 11 entre 14 mercadorias analisadas, na comparação de 2017 com 2016. A unidade coleta todas as mercadorias ilegais de Foz do Iguaçu até Guaíra, passando pela região do Lago de Itaipu, na fronteira com o Paraguai.

Os aumentos mais expressivos foram em eletrônicos. No ano passado, foram apreendidos 18 milhões de dólares desses produtos, contra 7 milhões em 2016. O crescimento foi de 131%. A segunda alta mais expressiva, de 120%, foi em bebidas. O valor apreendido em 2016 foi de 267 mil dólares, mas subiu no ano passado para 587 mil. Dos 14 itens analisados pela Receita, apenas três (cigarros, veículos e mídia ótica virgem) tiveram queda no ano passado. No total, a Receita apreendeu 80 milhões de dólares em 2017, um aumento de 19% em relação a 2016, quando 67 milhões em contrabando foram retidos na fronteira.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*