Região hidrográfica do Paraná apresenta pior qualidade, diz estudo

A região Hidrográfica do Paraná foi a que apresentou a pior qualidade da água dentre as doze regiões brasileiras. Isso é o que mostrou um estudo realizado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em quase 2 mil pontos de monitoramento. A região Hidrográfica do Paraná ocupa uma área de aproximadamente 880 mil quilômetros quadrados e abrange praticamente todo o Paraná, grandes áreas de São Paulo, regiões de Santa Catarina, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. Os rios Paraná, Paranapanema, Tietê, Iguaçu, entre outros, fazem parte desta bacia. Para o coordenador de recursos hídricos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Eduardo Gobbi, é preciso olhar com cuidado para esses dados. Ele afirma que a maior preocupação é referente aos rios Belém, Barigui, Atuba e Bacacheri.

O coordenador lembra que a qualidade da água dos rios reflete o comportamento dos moradores das áreas urbanas. Ele aproveita para pedir um cuidado maior com todas as atividades que envolvem o uso da água.

O estudo mostrou que quase metade dos recursos hídricos brasileiros localizados em áreas urbanas teve avaliação ruim ou péssima.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*