Renda do paranaense aumenta 2% em 2017, segundo IBGE

(Foto: Felipe Rosa/ACP/Arquivo ANPR)

A renda média per capita domiciliar no Paraná ficou em mil e 476 reais, em 2017. O valor é pouco mais de 2% superior ao registrado em 2016. O número também é maior que a média nacional, que foi de mil e 271 reais.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE. O rendimento per capita domiciliar inclui todas as rendas recebidas, do trabalho, da previdência e de aplicações e investimentos.

Segundo o diretor-presidente do Ipardes, Julio Suzuki Júnior, o fato de a economia estadual ter crescido mais do que a do Brasil no ano passado fez diferença nesses resultados.

No ano passado, o PIB, Produto Interno Bruto, do Paraná teve avanço de dois e meio por cento, contra 1% da economia brasileira. O Paraná também aumentou a diferença de renda com o restante do País.

Em média, o paranaense ganhava 16% mais do que a média do País em 2017. Com relação a desigualdade social, o total de rendimentos no Paraná no ano passado foi de mais de 16 bilhões e 600 milhões de reais.

Desses, a parcela dos 10% mais ricos respondeu por quase 40%. Os 10% mais pobres registraram pouco mais de 1%.

No Brasil, a desigualdade entre mais ricos e mais pobres é maior. Do total de mais de 263 bilhões de reais de rendimentos mensais no País, os 10% mais ricos detinham, no ano passado, mais de 43%. Os 10% mais pobres ficaram com uma parcela de apenas 0,7% desse total.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*