Repasse para a construção do metrô em Curitiba é adiado pelo Governo Federal

O Governo Federal adiou o repasse de recursos para a construção do metrô em Curitiba. A decisão foi tomada, pois outras obras do PAC da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades ainda não foram avaliadas. O repasse de 1 bilhão e 750 milhões de reais seria aprovado e publicado no Diário Oficial da União até o final de março. O governo federal vai destinar 1 bilhão de reais a fundo perdido, que não precisa ser devolvido aos cofres da união. 450 milhões serão pagos pelo município e 300 milhões de reais pelo Governo do Estado. A prefeitura de Curitiba aguarda o repasse do valor ainda para este mês. A previsão é que as obras comecem até o final do ano, e durem pelo menos até 2016. A chamada Linha Azul do metrô de Curitiba vai ligar o extremo sul da Capital até o Centro. São 14 quilômetros de trilhos e 13 estações. Ao todo, a obra vai custar 2 bilhões e 250 milhões de reais. O que não for repassado pelo Governo Federal vai ser captado pelo município, Estado e Iniciativa privada.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*