Rosinha tem esperanças de candidatura própria no PT

Com a diferença de pouco mais de 100 votos na votação interna do partido, o PT indicou força maior a apoiar Gustavo Fruet nas eleições municipais de 2012. Porém o deputado Federal Rosinha, que é o pré-candidato à prefeitura pelo partido ainda vê esperanças de reverter o quadro. 300 delegados serão escolhidos pelas duas chapas. A chapa vencedora terá direito a 171 delegados. A chapa 2, de Rosinha, 129. Essa diferença de 44 pessoas é o que anima o deputado federal. A tática agora é convencer mais da metade deles, ou seja, pelo menos 23, e lançar candidatura própria. O deputado federal Rosinha destaca que até agora nenhuma decisão é definitiva.

Na primeira eleição o voto foi secreto, na segunda fase os delegados votam abertamente. Porém o deputado diz que não tem medo de que a pressão, pela força da outra chapa que inclui os ministros da casa civil, Gleisi Hoffmann, e das Comunicações, Paulo Bernardo, influencie os votos.

Os dois lados prometem não se dividir, seja qual for o resultado. Quando fazia parte do PSDB, Fruet foi um dos líderes de oposição ao governo Lula e participou da CPI que investigou o mensalão. Porém agora integra o PDT.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*