Safra de grãos deve ser menor neste ano no Paraná

Foto: divulgação/ Antonio Costa

O Paraná deve ter redução de 13% na safra de grãos neste ano, em comparação com 2016/2017.O Estado deve colher 36 milhões de toneladas, principalmente milho, feijão e soja. A queda na colheita se deve à falta de chuva entre os meses de abril e maio, que prejudicou o desenvolvimento desses grãos. Os impactos são maiores na produção do milho e do feijão. A redução chega a sete milhões de toneladas.

De acordo com o chefe do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Marcelo Garrido, nesta safra, tanto as culturas de primavera/verão, como o feijão, milho e a soja, quanto para a 2ª safra de feijão e milho sofreram com as variações climáticas.

A colheita da segunda safra de milho começa com expectativa de produção frustrada, com 3 milhões e 500 mil toneladas a menos, na comparação com a safra anterior. A previsão da soja é de produção de 9 milhões e 400 mil toneladas, uma redução de 29%.

Por outro lado, a expectativa de produção para o trigo nesta safra é de pouco mais de três milhões de toneladas. Isto se deve a um aumento de área de 9% em relação à safra passada. O acréscimo ocorreu em função dos preços, que atualmente estão quase 59% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*