Secretaria de Justiça investiga mortes na penitenciária de Piraquara

As três mortes de detentos ocorridas neste fim de semana no complexo penitenciário de Piraquara, na Grande Curitiba, serão investigadas por uma sindicância da Secretaria de justiça. Os detentos foram assassinados dentro das celas da unidade estadual e da Central do estado, a princípio por brigas entre facções rivais ligadas ao tráfico de drogas. A SeJu pediu, ainda, o apoio do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Ordem dos Advogados do Brasil. O Complexo de Piraquara tem mais de 5 mil presos.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*