Secretário Nacional de Justiça está em Curitiba

O Secretário Nacional de justiça, Paulo Abrão, está hoje em Curitiba para falar sobre a Comissão da Verdade. Na semana passada, a presidente Dilma Rousseff anunciou os sete integrantes que participam da comissão que tem o objetivo de apurar as violações aos Direitos Humanos que aconteceram durante a Ditadura Militar. Segundo Paulo Abrão, a criação da comissão é importante para o aprofundamento da democracia no país.

A comissão da verdade recebeu criticas de parentes das vítimas de torturas. Eles reclamam que a comissão não vai ter poder para punir os responsáveis. O secretário diz que a função da comissão é administrativa e por isso não tem o objetivo de punir. Segundo ele o principal é colher informações.

O governo brasileiro reconheceu em 1995 que o Estado foi o responsável por assassinatos e torturas durante o regime militar. Mas a Lei de Anistia, de 1979 proíbe punições. Paulo Abrão falou sobre a comissão da verdade em um seminário realizado na Unibrasil.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*