Sem casa, CBF pode remarcar jogos do Atlético

A CBF pode remarcar os jogos do Atlético por causa da negação da diretoria do Paraná em emprestar a Vila Capanema para o rubro negro. A primeira partida do Furacão, a princípio, está marcada para o dia primeiro de junho, contra o Grêmio Barueri. O presidente do Paraná Clube, Rubens Bohlen, se reuniu ontem no Rio de Janeiro com o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, para explicar os motivos que levam o tricolor a não alugar o estádio para o Atlético. A alegação é que o gramado da Vila não suportaria tantos jogos, já que o Paraná disputa duas competições lá: a segunda divisão do Brasileirão e a Série Prata do Paranaense. Uma das opções do Atlético é a Vila Olímpica do Boqueirão ou então o Furacão terá que mandar os jogos fora de Curitiba. A expectativa é que a CBF se pronuncie ainda hoje.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*