Servidores de federais e professores da UFPR fazem manifestação em Curitiba

Servidores de instituições federais e professores da Universidade Federal do Paraná realizaram protestos na quarta feira (25) de manhã em Curitiba. Eles cobram do governo federal reajustes nos salários e melhorias nos planos de carreira. Com faixas e cartazes, os professores caminharam da Praça Santos Andrade até a Boca Maldita, no centro da cidade, para chamar a atenção das autoridades. A categoria já aprovou um indicativo de greve para o dia 17 de maio. O presidente da associação dos professores da UFPR, Luiz Allan Künzle, reclama da falta de uma política para os servidores.

Por causa dos protestos, a maioria dos alunos da Universidade Federal não teve aula na quarta-feira . Já a manifestação dos servidores de instituições federais foi concentrada na Avenida Senador Salgado Filho, no bairro Guabirotuba. Eles protestaram com apitos, cartazes, carro de som e bloquearam parte da avenida. Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores de educação técnica do Paraná, Nilton Brandão, a categoria também quer melhorias na infra-estrutura dos Institutos e mais investimentos do governo federal.

Nos dias 9 e 10 de maio estão programadas novas manifestações dos servidores dos Institutos Federais. Na quarta-feira (25) à tarde, eles vão se reunir em assembleia para discutir os rumos dessas paralisações.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*