STJ decide que casal homossexual pode adotar criança

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tomou uma decisão polêmica e considerou apto para adoção um casal de homens que se candidatou para adotar uma criança na Segunda Vara da Infância e da Juventude. O caso foi parar no STJ porque o Ministério Público do Paraná pediu para que o casal pudesse adotar apenas crianças com 12 anos ou mais, a fim de que o adolescente pudesse se manifestar a favor ou contra a adoção. No entanto, a juíza da Segunda Vara da Infância e da Juventude de Curitiba considerou que não deveria haver ressalvas no pedido do casal. O entendimento da juiz foi mantido no STJ.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*