STJ envia processo contra Beto Richa para Justiça Federal do Paraná

A Justiça Federal do Paraná será a responsável por analisar o processo contra o ex-governador Beto Richa. O Superior Tribunal de Justiça encaminhou a ação à primeira instância, já que Richa perdeu o foro privilegiado ao abrir mão do mandato para concorrer uma vaga ao Senado.

A decisão da transferência partiu do ministro Herman Benjamin. Richa é investigado pelo emprego irregular de verbas conveniadas com a União quando era prefeito de Curitiba, em 2009. Por meio de nota, Richa reafirma que ele não era o gestor e nem o responsável pelas emissões de pagamentos de despesas e movimentações financeiras do Fundo Municipal de Saúde da Prefeitura de Curitiba.

A funcionária responsável pela função teria confessado o erro e foi demitida. Os valores conveniados foram restituídos à União com os devidos acréscimos legais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*