STJ nega habeas corpus para adiar júri de Carli Filho

O Superior Tribunal de Justiça negou na noite desta terça-feira (20) o pedido de habeas corpus da defesa do ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho para impedir a realização do júri popular na semana que vem. Os advogados tentam adiar a sessão marcada para terça e quarta, aqui em Curitiba. A defesa de Carli Filho alega que a comoção popular pode interferir na decisão do júri e busca tirar o caso da capital paranaense. Em maio de 2009, o ex-deputado seguia a mais de 160 quilômetros por hora, com sinais de embriaguez e direito de dirigir suspenso, quando acertou outro veículo. Dois jovens morreram.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*