Suposta vítima de agressão em bar tem que amputar a perna

O jovem que teria sido agredido por seguranças no James Bar na madrugada do último domingo (6), foi operado e teve a perna esquerda amputada na manhã de hoje. Guilherme Koerich, de 18 anos, corria risco de morrer se não tivesse sido operado. O terceiro distrito policial de Curitiba investiga o caso. O jovem teria sido espancado, pois a conta dele deu 60 reais e ele tinha apenas 40 reais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*