Suspeitos de torturar e assassinar jovem carioca são presos

Dois suspeitos de assassinar o jovem Heverton Silva, de 21 anos, foram presos esta semana pela polícia. O rapaz era do Rio de Janeiro e se mudou para Curitiba para trabalhar. Ele sumiu no dia 11 de agosto e, de acordo com a polícia, foi o empregador que procurou as autoridades para registrar o desaparecimento do rapaz. O delegado da Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), Jaime da Luz, afirma que a vítima foi torturada e decapitada. Ele explica que a polícia chegou aos suspeitos depois de analisar vídeos encontrados dentro de um carro acidentado em São Paulo.

O delegado acredita que outras duas pessoas participaram do crime. No entanto, uma delas foi morta em confronto com a polícia em outubro deste ano. O outro envolvido no crime já foi identificado, mas ainda faltam elementos para decretar a prisão preventiva. De acordo com Jaime da Luz, o motivo do crime ainda não foi totalmente esclarecido, mas há indícios de que a vítima tinha envolvimento com drogas.

O corpo da vítima ainda não foi encontrado pela polícia. Os suspeitos permanecem presos preventivamente e estão à disposição da justiça.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*