Suspensa investigação sobre abuso de PMs durante pré-carnaval

A sindicância que investiga os possíveis abusos dos policias militares durante o pré-carnaval Garibaldis e Sacis está suspensa. O motivo é que apenas duas testemunhas comparecem para prestar depoimento. O confronto entre os foliões e a polícia ocorreu no início de fevereiro, no Largo da Ordem. A PM utilizou gás de efeito moral e balas de borracha para conter alguns manifestantes. Tudo teria começado depois de um tumulto de foliões próximo à Igreja da Ordem. O comandante da PM, coronel Roberson Bondaruk, pede que as pessoas que estiveram no local no dia da confusão procurem a polícia para que os fatos sejam esclarecidos.  De acordo com o coronel, caso seja comprovado algum abuso por parte dos policiais, eles vão sofrer sanções penais e administrativas. 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*