TCE determina suspensão dos repasses públicos para a Arena

O Tribunal de Contas do Paraná determinou a suspensão de todos os repasses públicos para as obras na Arena da Baixada. O TCE exige que o contrato entre o Atlético Paranaense, a prefeitura de Curitiba e o Estado do Paraná tenha recomendações da Comissão de Auditoria das Obras da Copa do Mundo de 2014 do TCE. Entre as exigências estão: a elaboração de um plano de trabalho detalhado e um cronograma; a revisão de algumas cláusulas e a reavaliação de quanto o Atlético Paranaense vai investir nas obras do estádio. Ainda há questionamentos sobre as desapropriações como: a destinação pública dos imóveis desapropriados após a realização da Copa; o motivo do aumento no número dos imóveis que serão desapropriados; o valor de cada um dos terrenos; e os valores correspondentes à contrapartida do Atlético Paranaense. O prazo final para as mudança é o dia 31 de maio. A decisão foi anunciada durante a sessão plenária do TCE hoje.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*