Temporada de 2018 é considerada a pior dos últimos 50 anos para os comerciantes do litoral paranaense


(Foto: Divulgação/SECS)

O movimento no litoral paranaense na temporada de Verão de 2018 é considerado o pior dos últimos 50 anos. O mau tempo e a crise econômica são os fatores que influenciaram na queda de veranistas.

Segundo estimativa da Associação de Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Bares, Casas Noturnas e Similares do Litoral o faturamento dos estabelecimentos chegou a cair até 30%.

De acordo com o Presidente da Assindilitoral, Carlos Freire, o movimento nesta temporada foi 20% menor em relação ao ano anterior. Apenas os primeiros sete dias do ano foram favoráveis aos comerciantes do Litoral.

No Carnaval o movimento foi bom apenas nos primeiros dias, já que choveu na segunda e na terça-feira do feriado prolongado. A crise econômica também atrapalhou o comércio no litoral. Segundo Carlos Freire, a lotação dos hotéis e pousadas foi menor que 50%.

A queda de veranistas impactou no faturamento dos estabelecimentos com redução de 30% em comparação ao ano passado. Com isto, segundo informações da Assindilitoral, muitos comerciantes reduziram o quadro de funcionários em plena alta temporada.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*