Tenente do 13º Batalhão da PM investigado de pedofilia pode ser expulso da corporação

Um tenente do 13.º Batalhão da Polícia Militar está sendo investigado por pedofilia. Ele estaria mantendo um site de pornografia infantil dentro da própria corporação durante o horário de serviço. De acordo com o coronel Ademar Cunha Sobrinho, chefe do Primeiro Comando Regional da Polícia Militar, computadores foram apreendidos com fotos de menores.

A Polícia Militar afastou imediatamente o tenente. Ontem, o oficial pediu afastamento formal por problemas psicológicos.

Agora, o tenente vai responder inquérito policial militar e pode ser expulso da corporação.

O policial ocupava o cargo de coordenador de Policiamento da Unidade (CPU).

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*