TIM pode ser proibida de habilitar novas linhas para celular

A empresa de telefonia TIM pode ser proibida de habilitar novas linhas para celular. O Ministério Público deve checar se a empresa está negociando mais linhas do que a capacidade de operação.  O requerimento parte da Assembleia Legislativa. A causa do pedido é a insatisfação dos atuais usuários, que sofrem com a dificuldade para fazer ligações, mandar mensagens e acessar a internet. A empresa lançou planos em que o usuário paga uma taxa fixa mensal para usar os serviços de forma ilimitada, mas parece não atender a demanda. O requerimento é do deputado Evandro Júnior, do PSDB, que destaca que a população está sendo desrespeitada, já que paga por um serviço e não recebe de forma satisfatória.

O pedido foi aprovado em plenário. Ele segue agora para o Ministério Público que decide se vai intervir ou não. O deputado deve pedir também para que seja checado o problema relacionado ao apagão desta quarta-feira, para que não volte a acontecer. Por meio da Assessoria de Imprensa a empresa afirmou que não foi notificada ainda.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*