Trabalhadores da Construção Civil podem entrar em greve no dia 17

 A categoria pede melhores salários. Ontem, os funcionários se reuniram em assembleia e decidiram rejeitar a proposta de reajuste de 7,5% apresentada pelo sindicato patronal, o Sinduscon. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de Curitiba (Sintracon), Domingos Oliveira, o indicativo de greve foi aprovado porque os trabalhadores consideraram a proposta muito baixa.

São cerca de sessenta mil funcionários em Curitiba e na região metropolitana.  Se a greve for confirmada, o presidente do Sintracon explica que algumas construções vão ser paralisadas, inclusive as obras na Arena da Baixada para a Copa de 2014.

Na próxima terça-feira, dia 10 de julho, a categoria vai se reunir novamente com o sindicato patronal para tentar uma nova negociação.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*