Trabalhadores da limpeza pública entram em paralisação por pagamento de salários

Curitiba amanheceu sem o serviço de garis e de coletores de lixo nesta sexta-feira. A categoria reivindica o pagamento do salário, que deveria ter sido feito ontem – quinto dia útil do mês. Por conta da manifestação, na sede da empresa Cavo, o trânsito segue em meia pista no cruzamento da Rua João Negrão com a Avenida Presidente Getúlio Vargas. O presidente do Siemaco (sindicato que representa os trabalhadores), Manassés Oliveira, explica que cerca de 1000 funcionários só voltam ao trabalho quando o depósito for feito.

Ainda segundo o sindicato, nenhum caminhão do serviço de coleta de lixo sairá da empresa até que todos os pagamentos tenham sido feitos. A categoria diz que a Cavo alega um erro na digitação da transferência dos valores. A reportagem tentou contato com a companhia, mas não obteve resposta.

Coletores aguardam depósito dos salários (Foto:divulgação/Siemaco)

Coletores aguardam depósito dos salários (Foto:divulgação/Siemaco)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*