Trabalhadores dos Correios aprovam indicativo de greve

Foto: Divulgação / Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná

Trabalhadores dos Correios de todo o Paraná aprovaram indicativo de greve, com início da paralisação prevista para o dia 19 de setembro.

A proposta foi confirmada na segunda-feira (4), em Brasília, durante uma reunião do Conselho de Representantes Sindicais da federação da categoria.

No Paraná, assembleias foram realizadas nos dias 30 e 31, em Curitiba, Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel, Ponta Grossa, Guarapuava, Telêmaco Borba e Terra Roxa. As decisões são válidas para todo o Estado. Os trabalhadores rejeitaram uma proposta do ministro Emmanuel Pereira do Tribunal Superior do Trabalho para que fosse suspensa a campanha salarial até 31 de dezembro de 2017.

A data-base deveria ter ocorrido no dia 1º de agosto. Os funcionários dos Correios reivindicam 8% de reposição salarial; são contra ameaça de demissão motivada, contra privatização e fechamento de agências. Eles também reclamam de falta de segurança, falta de funcionários, alterações no plano de saúde, suspensão de férias e horas-extras, reformas trabalhista e previdenciária, entre outros temas. Os Correios ainda não se manifestaram sobre a previsão de paralisação dos funcionários.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*