Trânsito deve ser afetado na capital paranaense nesta quarta-feira

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

700 ônibus com manifestantes em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são esperados para chegar a Curitiba até amanhã (10), dia do depoimento do petista na Justiça Federal. A estimativa é da prefeitura, com base em informações repassadas pela Frente Brasil Popular – movimento de apoio a Lula.

Os ônibus devem ficar estacionados no Estádio Pinheirão, no bairro Tarumã, e no Parque dos Tropeiros, na Cidade Industrial de Curitiba. Eles estão proibidos de circular pela cidade. Também está vedado o uso de carros de som.

Na Avenida Anita Garibaldi, onde fica o prédio da Justiça Federal, serão feitas rondas da Polícia Militar até a meia-noite, para coibir montagem de barracas. Ainda na Avenida, haverá bloqueio da Setran, da Rua São Sebastião até a Eça de Queiroz. Somente moradores terão acesso ao local.

O agente de trânsito Altamir Nunes ressalta que os motoristas precisarão de paciência nas ruas da cidade nesta quarta-feira.

Os desvios sentido Centro de Curitiba poderão ser feitos pelas ruas Tomazina, Coronel Amazonas Marcondes, Pedro Fabri, Vereador Garcia Rodrigues Velho, Belém e São Luiz. Já os desvios sentido bairro poderão ser feitos pela Rua São Luiz, Avenida Anita Garibaldi, Rua Campos Sales, Manoel Eufrázio e Alberto Foloni. Também foram definidos os pontos de concentração dos manifestantes, divididos em duas áreas. Nestes pontos, equipes da Setran vão orientar o fluxo de carros.

Na Praça Santos Andrade estarão os manifestantes Pró-Lula, enquanto que os apoiadores da Lava Jato devem se concentrar no Museu Oscar Niemeyer. Caso a estimativa de 700 ônibus se confirme, Curitiba deve receber, aproximadamente, 28 mil apoiadores do ex-presidente Lula.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*