Três pessoas são presas em operação da PF que investiga roubo de dinheiro de clientes da Caixa Econômica Federal

Imagem divulgação / site Polícia Federal

Três pessoas foram presas na segunda fase da Operação Duas-Caras que investiga diversos crimes contra a Caixa Econômica Federal. A ação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (11) pela Polícia Federal que cumpriu nove mandados judiciais.  Além de dois mandados de prisão temporária e um de prisão preventiva foram cumpridos quatro de busca e apreensão e dois de condução coercitiva, quando a pessoa é levada a depor.

A Operação foi deflagrada em Curitiba, São José dos Pinhais e Colombo, regiões metropolitanas da capital. De acordo com o delegado Rodrigo Martins Moraes da Silva, um grupo especializado se beneficiou com mais de um milhão de reais, de contas de clientes que possuíam altos valores na poupança. Eram feitos saques consecutivos, até que o cliente descobrisse que estava sendo lesado.

De acordo com as investigações, um funcionário de carreira da Caixa ajudava os criminosos repassando dados dos clientes. O grupo fazia uma série de pequenos saques nos caixas eletrônicos, compras em débito automático e transferências na boca do caixa até que o dinheiro nas contas se esgotasse.

As apurações apontam que foram feitas mais de quatrocentas movimentações bancárias fraudulentas. O funcionário da Caixa pesquisava e identificava contas poupança de clientes com grandes saldos e que não apresentavam histórico de retiradas.

Ele repassava os dados para o líder do grupo criminoso. Na sequência, os investigados entravam em contato com a central de cartões da Caixa e, se passando pelos clientes, informavam a “falsa” perda do cartão para gerar outro. Os cartões eram retirados nos centros de distribuição dos Correios também com o uso de documentos falsos.

Entre os crimes investigados na operação estão furto qualificado, estelionato, peculato, uso de documento falso e associação criminosa. Os presos desta nova etapa foram levados à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*