Três propostas do prefeito Rafael Greca devem ser discutidas na Câmara

(Foto: divulgação/CMC)

Três mensagens, que são projetos do prefeito Rafael Greca, do PMN, estão na ordem do dia da Câmara de Curitiba na próxima semana. O prefeito apresentou propostas para reparcelar dívidas com a previdência dos servidores, autorização para empréstimo com a Fomento Paraná, e para remanejar dinheiro do orçamento.

Na segunda-feira (9), o plenário analisa o reparcelamento de dívidas com o Instituto de Previdência dos Servidores em até 200 prestações. Outro projeto é um pedido de autorização dos vereadores para empréstimo de 30 milhões de reais da Agência de Fomento do Paraná.

Com o dinheiro, a prefeitura afirma que vai revitalizar vias públicas. Na terça-feira (10), os vereadores devem deliberam sobre o remanejamento de R$ 20,8 milhões do orçamento. As propostas que entram na pauta desta segunda foram enviadas em regime de urgência.

Na última terça-feira (3), o projeto de lei para o reparcelamento de pendências da Prefeitura de Curitiba com o IPMC foi relatado por Julieta Reis (DEM) e acatado pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação. Na semana anterior, o secretário municipal de Finanças, Vitor Puppi, havia pedido em plenário, durante a prestação de contas quadrimestral da pasta, a aprovação da matéria. Segundo o secretário. “a cada mês que a proposta não é aprovada, a cidade perde 4 milhões de reais”.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*