Tribunal de Contas divulga lista de inelegíveis

O Tribunal de Contas do Paraná divulgou ontem os nomes de 1.098 pessoas que podem ficar inelegíveis na disputa eleitoral deste ano. Todas elas tiveram a prestação de contas reprovada, o que – segundo a Lei Eleitoral – impediria um candidato de concorrer para cargos públicos. Ao todo, são 1.626 processos de comprovação de gastos com problemas. A maioria dos casos envolve prefeitos, ex-prefeitos e presidentes de Câmaras de Vereadores. Entre os complicados com o Tribunal de Contas estão: a ex-presidente da Paraná Educação, Alcyone Saliba, que foi secretária de Educação no governo Jaime Lerner; o ex-reitor da UFPR e ex-candidato à prefeitura de Curitiba pelo PMDB, Carlos Moreira Junior; o ex-secretário de Trabalho, Emprego e Promoção Social e responsável pelo Fundo Estadual de Assistência Social, Emerson Nerone; o ex-secretário também do trabalho do governo Roberto Requião, Roque Zimmermann; a ex-reitora da Universidade Estadual de Londrina, Lygia Puppato; o ex-presidente da Mineropar, Omar Akel; e o ex-presidente da Comec (Coordenadoria da Região Metropolitana de Curitiba), Alcidino Bittencourt Pereira.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*