Tribunal de Justiça concede habeas corpus para Anderson Fernandes

O Tribunal de Justiça do Paraná concedeu habeas corpus ao empresário Anderson Fernandes, dono da Sanderson Imóveis, preso na última sexta-feira. Anderson Fernandes é suspeito de corrupção porque estaria, segundo investigação feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), acertando o pagamento de propina, no valor de R$ 40 mil, ao vereador Roberto Fú (PDT), para garantir arquivamento do projeto de lei do pedetista que revoga a Lei da Muralha – que proíbe a construção de grandes empreendimentos no anel central de Londrina. O suposto crime beneficiaria um empreendimento dele que está sendo construído na Zona Sul de Londrina. O local seria futuramente alugado para o Grupo Muffato.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*