Uma pessoa é presa e 80 aves silvestres são apreendidas em Curitiba

Uma pessoa foi presa e 80 aves silvestres foram apreendidas na operação Cogi, da Polícia Federal, nesta terça em Curitiba. A Polícia vistoriou três criadouros, nos bairros Rebouças, Alto da XV e Sítio Cercado. No primeiro, o dono foi preso porque estava com 36 aves maltratadas e com documentação irregular. No segundo local, a polícia apreendeu as demais aves. O proprietário alegou que possui documentação legal e deve apresentá-la à polícia nos próximos dias. Já no Sítio Cercado a polícia não encontrou nem um pássaro. O suspeito disse à polícia que liberou os animais ainda ontem (segunda) e foi apenas notificado. O delegado da PF, Rubens da Silva, diz que uma nova preocupação é a “lavagem” de animais, crime cada vez mais comum.  Essa operação é deflagrada desde o mês passado em vários lugares do mundo no combate ao tráfico internacional de animais, com apoio da Interpol.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*