Universidades se reúnem com governo para discutir projeto da faixa de infraestrutura do litoral

(Foto: José Fernando Ogiura/ANPr)

Reitores das universidades Federal e Tecnológica Federal do Paraná, da PUC, e da Positivo, se reuniram ontem (14) com a governadora Cida Borghetti, do PP, no Palácio Iguaçu, para discutir o projeto da faixa de infraestrutura em Pontal do Paraná, no litoral do Estado. No início do mês, a UFPR obteve na Justiça uma liminar para vistas no processo da licença ambiental prévia.

O reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, afirmou que as quatro universidades podem auxiliar o Governo em tudo aquilo que for necessário para o processo.

Um documento assinado pelos reitores foi entregue à governadora. O texto diz que a obra ainda precisa de avaliação técnica. De acordo com o reitor José Pio Martins, da Universidade Positivo, a posição não é de radicalismo, nem a favor e nem contra, mas de estudos técnicos e científicos mais aprofundados.

Há duas semanas, Cida Borghetti adiou o processo de licitação da obra. Os Estudos e Relatórios de Impacto Ambiental relativos à chamada “Faixa de Infraestrutura de Pontal do Paraná” apontaram dezenas de consequências negativas.

Entre os impactos estão diminuição dos estoques pesqueiros, prejuízos a animais aquáticos e que vivem às margens dos cursos d’água, derramamento de resíduos sólidos e líquidos tóxicos, redução de áreas de preservação, retirada e fragmentação da vegetação nativa.

A Faixa ainda exigirá a remoção do equivalente a 650 campos de futebol de uma das áreas de Mata Atlântica mais preservadas em todo o País.

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*