Usuário de drogas é assassinado próximo a UPS do Uberaba

Uma morte foi registrada a seis quadras da Unidade Paraná Seguro no bairro Uberaba. Allan Wesley de Souza da Silva, de 18 anos, foi assassinado com quatro tiros. O crime aconteceu no início da madrugada deste domingo na Rua Doutor Fábio Rogério Bertoli Arns, próximo a Rua Alice Vilas Boas da Conceição. Segundo informações de testemunhas acontecia uma festa no local. Duas pessoas foram até a casa e chamaram Allan pelo apelido, “Allinho”. Alguns amigos aconselharam o jovem a não sair, porém ele foi até o portão e levou dois tiros. Ele tentou fugir, mas os assassinos invadiram a casa e efetuaram mais dois disparos contra o jovem. Segundo informações da Polícia Civil, Allison havia ido até a casa dele e pediu cem reais para mãe. Segundo o delegado Rubens Recalcatti era um crime anunciado e não avisaram a polícia. “Ao sair de casa o jovem disse para a mãe que hoje matava ou morria. Acabou morto. Agora aguardamos informações para elucidar o caso e encontrar os assassinos”, relata Recalcatti. A característica de um deles é branco, narigudo e usava um boné. “Saímos da cena do crime com dados e a Delegacia de Homicídio começa a trabalhar para identificar os autores. Aguardamos a ajuda da população”, relata o delegado. Denúncias podem ser feitas pelo número 181. Sobre o crime ter acontecido próximo a Unidade Paraná Seguro, o delegado relata que é relativo. Crimes podem acontecer a qualquer momento, já que a Polícia não pode estar em todos os lugares. “A UPS faz a sua parte, mas está a 6 quadras. Lá é a central, não quer dizer que ela tenha viaturas suficientes para rodar o bairro todo”. Allan estava desempregado e possivelmente devendo para traficantes.

DESACATO

Durante o atendimento ao local de crime um rapaz foi preso por desacato à autoridade. Inicialmente os profissionais da imprensa foram atacados verbalmente. Na sequência o homem desacatou o delegado Rubens Recalcatti. Ele não obedeceu à ordem de prisão e foi necessário que um investigador da Delegacia de Homicídios dominasse o rapaz. Os policiais chegaram a colocar o homem no camburão, porém ele foi liberado e terá que se apresentar amanhã da Delegacia.

UPS

A UPS instalada no bairro Uberaba em março foi a primeira de Curitiba. Desde a implantação até junho haviam sido registrados três homicídios no bairro. Este é o quarto. No Parolin nenhum homicídio foi registrado desde a implantação da Unidade Paraná Seguro, no dia 7 de maio. O Parolin foi o segundo bairro a receber a UPS. Também não foi registrado nenhum roubo no período. Se for analisado o bairro como um todo foram três roubos registrados pela Polícia no Parolin.  Até o final do ano, mais oito bairros de Curitiba devem receber Unidades Paraná Seguro, de acordo com o governo do Estado.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*