Vendas do varejo paranaense têm alta de 0,57%

 

O faturamento nas vendas do varejo paranaense teve um aumento de mais de 0,5%. Os dados são da Pesquisa Conjuntural da Fecomércio Paraná (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná), divulgada nesta quinta-feira (15). Mesmo que o número seja baixo, o crescimento superou os índices registrados em 2015, que teve uma baixa de mais de 8%, e de 2016, quando o volume caiu quase 4%.

De acordo com o diretor de planejamento e gestão da Fecomércio, Rodrigo Rosalem, os setores que registraram maior desenvolvimento foram: móveis e utilidades domésticas, com uma alta de mais de 22%; lojas de departamento, que alcançaram quase 14%; calçados, com quase 7%, e concessionárias de veículos que somaram mais de 6%.

O maior volume de vendas foi registrado na região oeste do Paraná, com quase 2% de elevação. O aumento foi motivado pelo movimento nos setores de departamentos, autopeças, concessionárias de veículos, supermercados, materiais de construção, além do recorde no agronegócio paranaense.

A região sudoeste do estado teve alta de mais de 1%. Já Curitiba e região metropolitana teve um crescimento de 0,96%.

Segundo a Fecomércio, a alta nas vendas do varejo ampliou o número de empregos no estado em 1,57%. Os salários dos comerciantes foram quase 6% maior que a remuneração de 2016.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*