Vereadora Katia Dittrich é expulsa do partido

(Foto: Divulgação/CMC)

A vereadora Kátia Dittrich, acusada de se apropriar de parte do salário de servidores, foi expulsa do partido. A Comissão Nacional de Ética Partidária do Solidariedade (SD) tomou a decisão no dia 9 de novembro e a ratificação, do presidente nacional da legenda, Paulinho da Força (SP), aconteceu nesta terça-feira (05). ‘Kátia dos Animais de Rua’, como é conhecida, foi denunciada por ex-assessores.

Eles afirmam que a parlamentar exigia de volta parte dos salários que eles recebiam. Kátia sempre negou as acusações e se diz vítima de um complô, arquitetado pelos ex-funcionários e pelo ex-vereador Zé Maria (SD), que assume a cadeira dela na Câmara, em caso de cassação.

Entre as provas apresentadas pelos ex-funcionários estão dois comprovantes de depósitos feitos em contas bancárias da vereadora. Ela foi procurada pela reportagem para comentar a expulsão do partido, mas não se manifestou até o momento.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*